Sonia Anjos & Wilbert Alix

[Contém Video] Esta é uma entrevista que fiz a Wilbert Alix, grande mestre Xamã em Julho de 2012 após ter vivido uma das experiências de transformação imediata mais intensas que já tive oportunidade de experimentar.

Adeus medos, olá vida fantástica!

O Wilbert é um ser humano incrível, estou certa que gostarás tanto de conhece-lo como eu gostei e se tiveres oportunidade experimenta uma vivência com ele, é algo único e mágico. Agora fica com a nossa conversa aqui abaixo e… Inspira-te a transmutar os teus medos com Wlbert Alix o pai do Trance Dance.

“Ainda estou a processar a experiência que tive no Sábado passado, uma experiência única onde entramos fundo dentro dos nossos medos até que este se liberta e nos liberta para resgatar os pedaços perdidos da nossa alma. Provavelmente uma das experiências mais intensas que já vivênciei em toda a minha vida e que recomendo bastante a qualquer pessoa que esteja interessada em recuperar, em curar a sua alma.

Depois da palestra The Touch of Passion, onde aprendemos muito sobre sexo, sexualidade, paixão, amor e romance e compreendemos as grandes diferenças entre estas palavras e o efeito devastador de as confundir e utilizar de forma errada na nossa vida, Wilbert apresentou-nos a experiência que iríamos vivênciar à noite, o Soul Hunting e esta foi uma experiência verdadeiramente transformadora e intensa que transformou a noite num momento mágico.

No dia seguinte o Wilbert ficou na Quinta da Enxara para facilitar o seu Results Course e eu para relaxar e planear o resto do meu ano, mas no meio de todas estas actividades ainda houve tempo para nos conhecermos melhor e foi um prazer e até deu tempo para uma entrevista. Aqui abaixo está o vídeo da entrevista que fiz ao Wilbert e logo abaixo a transcrição de toda a entrevista com tradução em Português.”

 

Sónia Anjos (S)- Wilbert, obrigado pelo seu tempo. Pode dizer-nos quem é você e qual o seu trabalho para as pessoas que ainda não o conhecem?

Wilbert Alix (W)- Estou envolvido com educação experimental há cerca de 35 anos, a base principal do trabalho que oferecemos anda à volta do xamanismo, mais sobre aquilo que nós chamamos neo-xamanico, mas durante estes 35 anos temos um curriculum muito extenso na categoria de psicologia progressiva, alguma versão da ciência da nova era e espiritualidade xamânica. As pessoas que geralmente estão interessadas no nosso trabalho são pessoas que aparentemente estão saudáveis mas que estão a tentar aprender mais, saber mais. Então os nossos temas envolvem relações, sexualidade, comunicação, manifestar e depois é claro um longo trabalho que é mais espiritual mas mais espiritual contemporâneo não é o espiritual tradicional.

S – Então é a vida humana

W – Sim, a vida humana

S – Há quanto tempo vem aqui a Portugal e porque escolheu o nosso país?

W – Eu penso que a primeira vez que vim a Portugal foi há 8, talvez há 10 anos atrás. Eu tive um convite do organizador do Festival Boom para falar sobre Xamanismo e para introduzir o conceito de Trance Dance em Portugal e durante esse período de tempo eu conheci algumas pessoas de Portugal que ficaram muito interessadas no meu trabalho, então a partir daí eu comecei o processo de voltar regularmente a Portugal, oferecendo pequenos  programas, depois esses programas tornaram-se maiores e depois ainda maiores e agora esses programas tornaram-se treinos (formações) e retiros mais longos, neste momento eu venho duas vezes por ano e geralmente trabalho aqui por cerca de um mês de cada vez e durante esse mês eu ofereço três a cinco grandes programas num mês e eles variam entre todos aqueles temas que eu mencionei. Eu imaginei que ao longo dos anos muitos portugueses viriam fazer estes programas mas eu tenho uma clientela muito vasta que vêm de outros países da Europa, como Bélgica, Holanda, Alemanha, países de leste como a Roménia, a Croácia, também Italianos às vezes Espanhóis e todos eles vêm a Portugal.

S – Eu fiz o Soul Hunting consigo na noite passada e eu penso que foi fantástico e neste programa havia muito mais estrangeiros, muito mais pessoas de todo o mundo do que Portugueses, então o que quer dizer aos Portugueses para que eles possam vir mais, conhecer o seu trabalho e aprender consigo? Porque eu penso que os Portugueses agora estão mesmo a precisar de aprender as coisas que você ensina, então o que gostaria de lhes dizer para que eles possam vir mais e aprender consigo? Eu sei que neste momento está a fazer o seu Results Course agora mesmo e sei também que vai voltar a estar aqui novamente em Outubro com programas de Soul Hunting e Trance Dance, então o que gostaria que os Portugueses soubessem sobre esses programas que você vai oferecer aqui em Outubro para que eles possam vir e também como se podem registar para esses seus programas?

W – Bem, primeiro, uma das coisas que eu tento trazer para lugares como Portugal é uma perspectiva internacional, a espiritualidade realmente é uma história diferente nos diferentes lugares do mundo e normalmente nós vivemos apenas dentro a nossa própria cultura e é uma cultura com uma diferente perspectiva da espiritualidade, ter um conceito mais abrangente de espiritualidade tem acontecido e isso pode acontecer de duas formas com o meu trabalho, eu posso trazer-lhes as minhas próprias experiências que tenho tido no mundo, uma vez que eu viajo à volta do mundo fazendo isto, mas eu também trago essas pessoas de todo o mundo aqui, por exemplo, esta semana temos pessoas da África do Sul, Roménia, Itália e de tantos outros países diferentes.

Outra coisa é que o meu curriculum é bastante diverso, eu percebi há alguns anos que se você fizer tudo o que eu tenho para oferecer, não sempre mas se você vier de forma regular eu posso provavelmente mantê-los ocupados por mais ou menos sete anos de trabalho e sem nunca duplicar a informação, então é diversificado no sentido em que há uma inteira secção do meu curriculum que é toda sobre o coração e curar questões relacionadas com o coração, estas coisas à volta dos relacionamentos, estes temas, depois há um grande quantidade de trabalho que é todo sobre comunicação e outro sobre sexualidade, há realmente uma vasta parte do trabalho que é toda sobre Xamanismo mas para ser sincero estamos mais interessados no Xamanismo Contemporâneo do que no Xamanismo Tradicional, a forma como eu gosto de imaginar é como se o Xamanismo tivesse tido permissão para crescer através dos rituais que vêm do Xamanismo Tradicional, então os rituais são todos oriundos das tradições xamânicas, tradições e estruturas de crenças mas expressado numa forma do século XXI.

Então é bastante diversificado o que eu ensino aqui em Portugal, não é que os Portugueses sejam menos sofisticados é que Portugal tem uma cultura que não recebeu realmente muitas coisas diversificadas nestas áreas e o que eu trago é realmente bastante diversificado, eu também trago a oportunidade de progredir através do processo de aprendizagem para que as pessoas possam eventualmente aprender o suficiente para ensinar o que aprenderam. Então com o trabalho de Trance Dance você pode eventualmente tornar-se um facilitador, Soul Hunting pode tornar-se facilitador, com o Results Course pode tornar-se facilitador, realmente com todos eles, alguns requerem que o faça de forma incrementada, mas neste momento eu estou muito interessado em expandir, não em adaptar a quantidade do que eu ofereço para que possam tornar-se ferramentas que os Portugueses possam usar nas suas vidas.

Nós vivemos num Mundo que não está apenas mudando, mas está mudando de forma muito rápida mas nós vimos de sistemas de crenças que se movem lentamente e eu penso que esse é verdadeiro desafio que muitas pessoas estão a passar agora, que é não apenas aprender a lidar com a mudança, mas com as mudanças que estão a acontecer tão depressa e o meu trabalho é realmente sobre uma forma mais progressiva de pensar, de forma que em vez de ver estes tipos de mudanças como algo de que deve ter medo ou pânico, ensina-lhe as competências necessárias para passar por este período de mudanças.

Porque o facto é que nós passamos por longos períodos de tempo na história onde tem havido sempre uma grande mudança na realidade e algumas pessoas sofrem com isso, mas aqueles que não sofrem com isso são aqueles que estão muito mais preparados para a mudança e o meu trabalho é realmente sobre preparar as pessoas para este tipo de fases nas culturas onde temos estas grandes mudanças.

S – Eu penso que nós estamos numa grande mudança no mundo e uma grande mudança aqui em Portugal acontecendo agora mesmo, então as pessoas realmente necessitam de estar preparadas e uma coisa que eu vi acontecer no seu trabalho e que acho que é maravilhoso é que muitas pessoas de todo o mundo estão vindo e quando estas pessoas vêm para aprender consigo, elas não aprendem apenas consigo mas também ganham a experiência de estar com pessoas de todo o mundo e trocar ideias com elas e verificar se estas pessoas já passaram pelo que elas estão a passar agora e como elas lidaram com isso, eu penso que é uma experiência mais abrangente porque elas podem aprender consigo e podem aprender com a experiência de estar com pessoas de todo o mundo e isso é o que você nos está a trazer.

W – Certamente um dos sabores únicos do meu trabalho que temos feito nos últimos 35 anos é que nós escolhemos não abordar apenas uma visão teórica do mundo mas realmente ir para o mundo e examinar entre culturas e culturas e culturas qual é a sua visão e parte da razão pela qual eu estou aqui em Portugal é porque eu estou interessado na perspectiva Portuguesa eu estou aqui como um estudante mais do que como um professor.

Eu ensino, mas eu realmente estou desejoso de aprender e há coisas sobre a realidade de Portugal que são ainda bastante fascinantes para mim, que têm muito a ver com este tipo de cultura de romance, o angulo em particular que os Portugueses têm sobre este tipo de cultura de romance, mas antes de eu vir para aqui eu estive na Croácia e eles têm a sua história e a Roménia tem a sua história e todas as culturas têm a sua história e eu penso que uma das coisa que as pessoas acham refrescante é que eles começam a aprender mais sobre si próprios ao mesmo tempo que têm pessoas que são totalmente diferente deles ao seu lado. E isto é exactamente no que o mundo se está a tornar, as possibilidades são que no futuro você vá viver muito próximo de pessoas que são completamente diferentes de si e até aprender como lidar com isso, você sempre vai olhar isso com medo e eu penso que um dos grandes benefícios de fazer o meu trabalho é que você começa a aprender directamente através de pessoas que não são como você, são diferentes e isso vai ser uma grande ajuda no futuro e há medida que avançamos percebemos que fronteiras já não são mais aquilo que costumavam ser.

A Europa está claramente a travessar uma transição, a América já está a sofrer com isso mas mesmo que nós combatamos isso, as pessoas passam a fronteira e há medida que os anos passam as culturas vão misturar-se mais e mais e mais e eu penso que isso é uma coisa boa, não é uma coisa má e não há nada para ter medo sobre as outras pessoas. O meu trabalho é realmente sobre a evolução da alma não é sobre a evolução da alma Portuguesa ou da alma Espanhola é mesmo sobre a evolução da alma. Você não pode verdadeiramente apreciar a sua alma até se aperceber que todas estas pessoas que vêm de lugares diferentes vêm pela sua própria alma, é rico, o meu trabalho é rico.

S – Alma é algo do mundo, não existe um país para a alma, não é mesmo?

W – Exactamente

S – Você tem um grande curriculum em Xamanismo e Xamanismo Moderno, pode dizer-nos o que é o Xamanismo, para alguém que ainda não sabe o que é e como o Xamanismo os pode ajudar?

W – Xamanismo dependendo de onde você está no mundo tem diferentes nomes. Xamanismo, animismo, a palavra Xamânico em si é uma palavra que vem da linguagem tungue da Sibéria e a tradução literal da palavra Xamã ou Xamânico significa a habilidade de ver no escuro e eu levo isso bastante à letra, todas as pessoas que fazem o meu trabalho xamânico sabem que o fazemos todo às cegas, levaria uma semana aqui sentado a falar consigo para falar sobre todas as coisas que isso significa quando você realmente remove uma pessoa da sua realidade objectiva, então quando eu abordo o Xamanismo eu não o abordo de um ponto de vista teórico eu abordo-o totalmente pela experiência que se vive, quando você aprende Xamanismo, você percebe que a forma Xamânica de aprender é realmente o oposto da forma tradicional de como nós aprendemos para adquirirmos informação na escola. Nós fomos ensinados, informação primeiro e experiência depois, a forma de aprendizagem xamânica é experiência primeiro, compreensão depois, a experiência lidera.

Então todo o trabalho que eu faço a experiência vem primeiro e o entendimento vem mais tarde quando você pensa nisso faz sentido que experiência venha primeiro porque agora você tem algum sentido sobre o porquê de estar aprendendo o que está aprendendo, se você obtêm a informação primeiro e depois espera algo da experiência você não tem ideia nenhuma sobre porquê está aprendendo toda essa informação, como é que eu a aplico, então quando a alma está tentando evoluir a alma entende a experiência muito melhor que cognição e é por isso que todo o trabalho xamânico que eu faço é realmente bastante baseado na educação experimental e a raiz da educação experimental é a ideia de que o que causa a transformação um facto é quando o seu pensamento e experiência acontecem no mesmo momento, não um pensamento e depois uma experiência relacionada com esse pensamento mas noutro momento ou ao contrário, o truque é saber como criar o momento em que ambos disparam ao mesmo tempo e quando isso ocorre, a transformação acontece. Então todo o meu trabalho é particularmente desenhado para que uma pessoa posso ir para uma experiência e ter mais do que um, ter uma série de momentos onde algo faz ping, ping outra vez e outra vez e então você têm mesmo o efeito da transformação.

S – Realmente nós aprendemos pela experiência, porque quando somo bebés… Nós realmente não dizemos ao nossos bebés “ouve bebé, coloca este pé aqui e depois o outro à frente e depois podes andar”, não, eles simplesmente aprendem, eles olham-nos sim, mas eles aprendem por si próprios, eles aprendem pela sua própria experiência, eles levantam-se e depois eles caem e depois levantam-se outra vez e depois eles andam, então nós realmente aprendemos com a experiência, andar é apenas uma coisa, mas nós aprendemos tudo com a experiência.

W – Mesmo quando eles nos dizem que deve ser de outra maneira e todas as pessoas que acabam a escola e depois vão para a universidade e aprendem todo aquele conhecimento, depois eles vão procurar um trabalho e a primeira coisa que lhes perguntam é…

S – Qual é a sua experiência? (Risos)

W – Qual é a sua experiência? E muitos de nós mentimos sobre essa história e dizemos que temos determinada experiência, o que é claro que não temos, nós agarramos o trabalho para obter a experiência, quando o que é verdade é que se essa pergunta que eles fazem quando você procurar esse trabalho fosse correcta, seria “o que é que você sabe?” e portanto quando se trata da evolução da sua própria alma a inteligência que necessita de liderar é a parte de si que confia na experiência, o entendimento vem depois e quando você consegue fazer esse ajustamento, a sua habilidade para evoluir a sua alma, realmente salta para um outro nível.

S – E eu posso dizer, eu fiz uma pequena experiência ontem à noite (Soul Hunting) e foi muito, muito intenso e eu penso que foi um grande salto, então eu recomendo. Então diga-nos o que vai estar a fazer aqui em Outubro, quais são os dias, as datas e o nome dos cursos?

W – Eu vou oferecer um treino, dez dias de treino para indivíduos interessados em facilitar Trance Dance eu penso que as datas são de 6 a 16 ou algo assim parecido em Outubro, depois logo após esse eu estarei a oferecer um curso/workshop de três dias, o Authentic Self Expression e esse é uma coisa completamente diferente, não é nada como o xamânico, sem vendas, sem dança é uma outra abordagem do cultivo da alma mas de uma forma mais de estrutura mais social, é um programa muito popular por falar nisso, eu fi-lo aqui o ano passado e todos adoraram e estão sempre a procurar-me por ele o tempo todo. Depois eu faço um pequeno intervalo, não… Depois eu faço um treino de Soul Hunting para pessoas que estão interessadas num processo mais longo de aprendizagem e aprender como facilitar Soul Hunting e depois eu faço um intervalo e volto em Novembro e penso que a ultima coisa que farei será sobre sexualidade, algures no meio de Novembro.

S – Aqui em Portugal?

W – Sim, aqui em Portugal e esse será um novo que eu nunca ofereci em Portugal antes, todos os outros eu já fiz antes, mas esse será novo.

S – Então para as pessoas que querem registar-se para os seus cursos, qualquer deles, o de Trance Dance, Soul Hunting e o outro (Authentic Self Expression) onde é que as pessoas vão para se registarem?

W – Eu penso que o melhor endereço para se recordar é o www.Trancedance.com

S – www.Trancedance.com

W – Sim, T R A N… Como soletra em português, será T R A N C E D A N C E . C O M?

S – Sim

W – Então é isso mesmo, www.Trancedance.com, se você for aí há uma agenda dos eventos, há também  uma página de Portugal e geralmente em ambas as páginas verá um número de telefone ou um link para o site ou para a página de e-mail e você pode mandar uma questão ou inquérito sobre qualquer um dos programas e nós respondemos-lhe, isso é provavelmente a melhor forma.

S – Então muito obrigado.

W – Obrigado eu.


Tem um dia apaixonante!

Sónia Anjos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...