A semana passada num retiro de transformação onde participei como palestrante e onde eu própria tive muitos insights e momentos AhAh, um em particular marcou-me e no final do evento algumas pessoas me vieram falar sobre o quanto aquele ensinamento tinha feito a diferença para si também. Ainda ontem recebi outra mensagem de um participante do retiro reforçando como esse momento tinha sido importante. Por isso, também o quero partilhar contigo.
Para mim não é novidade a importância do amor-próprio para uma vida plena e feliz e sempre falo disso (até já escrevi um livro inteiro sobre isso), mas esta abordagem e nova perspectiva, surgiu-me naquele retiro e foi um momento marcante também para mim.
Esta ideia surgiu de uma conversa de todo o grupo de participantes no retiro com João Wandschneider, o facilitador de Firewalking presente no evento. Foi muito interessante pois apesar de estar ali como oradora convidada, também me foi dada a possibilidade de estar no resto do evento como participante e neste âmbito, tive a oportunidade de passar por uma experiência altamente transformadora, ao me deparar com o fogo e me permitir entregar a ele com confiança e muito respeito também. Foi sem dúvida um momento de grande transformação e poder que jamais esquecerei.

 

Deixo-te umas imagens desta experiência incrível que vivi no retiro:

Sendo eu um ser do elemento água, entregar-me assim ao fogo foi um ato de superação e amor-próprio gigantesco. Por isso quis partilhar também este momento contigo, porque apenas por me amar e confiar em mim foi possível superar-me assim.

 

Numa conversa de preparação para este momento único de superação e transformação, uma das participantes mencionou durante a sua partilha a mensagem de Jesus sobre amar o próximo e foi exactamente essa mensagem que depois de eu mesma atravessar a passadeira de brasas incandescentes, ganhou um novo sentido para mim que hoje quero partilhar contigo como uma verdadeira bomba de amor.

 

Aqui vai a bomba de Amor:

Todas conhecemos a profecia de Jesus, sejamos ou não católicas, todas sabemos que a sua mensagem era de amor e que ele disse “Amai ao próximo como a ti mesmo”.
Também a maior parte de nós acredita olhando à volta para este mundo com tanto ódio e guerra que esta mensagem não chegou ao coração de tantas pessoas ainda. Até aqui penso que estamos de acordo, certo?
Mas o meu insight foi justamente o contrário, eu intuí que a maior parte das pessoas já ama o outro como a si mesmo e esse é justamente o problema. Agora podes estar confusa, a pensar “Sónia, como assim? As pessoas não amam o próximo, se amassem o mundo não estaria neste estado caótico…”. Mas eu digo-te que as pessoas amam tanto o próximo como a si mesmas e é por isso mesmo que o mundo está no estado em que está!
É porque as pessoas não se amam verdadeiramente a si mesmas, que também não conseguem amar o próximo e a forma negativa como tantas vezes tratam os outros e o mundo à sua volta não passa de um acto desesperado de manifestação da sua falta de amor a si mesmos.
Nós apenas podemos amar o próximo na proporção em que nos amamos a nós próprias. E quando não conseguimos amar o próximo, então precisamos focar nossa atenção no coração e expandir o amor dentro de nós em primeiro lugar para nós mesmas, até porque os outros também não nos conseguem amar mais do que se amam a si mesmos.


As pessoas não se amam verdadeiramente, porque vivemos numa sociedade onde fomos ensinados que amar a si mesmo é errado, é egoísta. E sinceramente, como é que amor verdadeiro e incondicional seja por quem for pode ser egoísta?!

 

Quem ama profunda e incondicionalmente está tão pleno e expandido amorosamente que é impossível ser egoísta. Na verdade estas pessoas transbordam de amor e não há outra solução a não ser partilhar e doar este amor a outros também.
Ninguém que viva em abundância de amor pode ser egoísta, porque o amor não tem nada a ver com o ego. A paixão sim, até pode ser, mas o amor puro e incondicional, jamais!
Quando te amas a ti mesma e transbordas de amor, apenas consegues amar mais e receber mais amor e amar de volta. Transbordas de amor e todos à tua volta podem sentir isso, podem sentir-se amados, simplesmente porque tu te amas.
Também quando te amas, mostras aos outros à tua volta que também eles têm permissão para amar-se a si mesmos e tu passas a ser um catalisador de amor.
Acredito que só assim a frase e ensinamento de Jesus “Amai o próximo como a ti mesmo” faz sentido e é possível. Jesus não se enganou, ele apenas não sabia que a humanidade se iria esquecer de amar a si mesma depois da sua passagem pela Terra. Partindo do princípio que as pessoas se amariam, fazia todo o sentido ensina-las a amar o próximo como a si mesmas.
Onde há amor o medo não sobrevive e alguns Homens da época, tolhidos pelo medo começaram a espalhar uma mensagem de amor que estava contaminada pelo medo e desde aí ensinaram a humanidade que amar a si mesmo é errado.

 

Isto acontece porque o Amor tem muito poder e alguns homens que queriam o poder mas não conheciam o amor começaram a disseminar uma mensagem de medo que tem prevalecido até aos dias de hoje.
Também acredito que se todos os seres humanos se amassem verdadeiramente a si mesmos, o Planeta terra estaria a transbordar de tanto amor que o conflito, o ódio, as guerras, e sobretudo a separação seria impossível. Seriamos todos UM, unidos por amor ilimitado.
Então experimenta começar hoje mesmo a amar-te a ti, depois deixa que esse amor se expanda até aos outros que te rodeiam e finalmente a toda a humanidade e ao planeta, mas começa por ti.

 

Começa por te aceitares como és, com todos os teus erros ou defeitos, porque só depois de te aceitares e amares por inteiro estarás apta a amar os outros com todas as suas qualidades e defeitos, acertos e erros. Afinal de contas por quem poderias começar se não por ti?!
Experimenta, porque na pior das hipóteses, uma pessoa neste mundo vai ser amada como nunca foi e amar como nunca amou, TU.
Agora imagina só o que pode acontecer se todas as pessoas souberem disto e começarem a amar-se a si mesmas… Pois!

 

 

Então resignificando a mensagem de Jesus, «Ama a ti mesma para conseguires amar o outro».
Se tens uma missão maior que tu e desejas mudar o mundo, começa por ti!
A transbordar de Amor,
Sónia Anjos

 

P.S. Se esta mensagem te tocou, então faz o que faz o amor… Partilha. E agora quero saber de ti, que insights ou aprendizagens este artigo te proporcionou? Comenta aqui abaixo.

 

Namaste

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...